Fale Conosco:

Mande um email para este indereço: ibrcg@hotmail.com e deixe suas dicas para o nosso blog, estaremos sempre respondendo a todos, abraços amados irmãos!

Contador de Visitas

Número de visitas Contador Grátis

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

O encontro com o Pai: O valor de uma lágrima


06/12/2011
Mais uma semana iniciava-se com Bryan em sua faculdade. Amigos da sua infância e irmãos, tudo isso, se tornavam a principal mão amiga nas  consequências que a vida lhe trouxera. Aos seus oitos anos de idade, havia perdido o seu pai em um acidente de carro, envolvendo restante dos seus familiares. Por destino da vida, todos se recuperam a perda de seu pai, alguns com pequenas sequelas, porém, reversíveis. Já de Bryan, não tivera a mesma sorte na qual os últimos segundos relembrava a morte do seu querido pai. Os médicos por se tratarem de uma situação delicada, restavam esperança para a mudança do pequeno Bryan. Além dos tratamentos psicológicos e medicinais, o que não lhe faltava era afeto de pessoas a sua volta. Certo dia, sua mãe Sthefanie percebeu que seu comportamento havia sido de mal a pior. Iniciaremos a sua história...
-Filho!Toma o café da manhã! Está à mesa!
-Não quero mamãe! Não quero nada! Quero somente o papai! Papai! Cadê o Papai?
Bryan começara com declínios em sua cabeça decorrentes de gritos e choros constantes. O seu rosto vermelho sinalizava máxima atenção a sua mãe, na qual não podia fazer nada, além de tentar confortá-lo.
Passados alguns anos...
Nos seus 16 anos não havia muitas mudanças, porém, com poucos resultados positivos:
-Se meu pai estivesse aqui; nada disso haveria acontecido comigo. Hoje, no meu aniversario não tenho muito que comemorar apenas lágrimas, de um passado onde jamais voltará. Jamais!
Silêncio. Ouvia-se apenas o silêncio naquele momento...
Em sua fase adulta aos 21 anos, Bryan tentava esconder o seu passado com experiências de "superações" semelhantes ao seu, porém, sua expectativa não era o bastante para fechar as suas “feridas” e traumas. Seus amigos da faculdade, insistentes pela sua vida, tentava abrir um sorriso em seus lábios. Era inútil, pois, a infelicidade sempre batia em primeiro lugar. Mas... Não para Deus!
Adormecido em SEUS braços ele sonhava...
(Deus) - Bryan venha para os meus braços, pois estou aqui à procura do meu filho amado!
(Bryan) - Onde? Onde pai? Onde estás?
(Deus) - Estou aqui filho! Ao seu lado! Deixe-me abrir os seus olhos, pois tu és o meu filho amado a quem tanto me alegro!
(Bryan) - Não sei quem tu és, procuro pelo meu pai a quem me amaste!
(Deus)- Sim Sou Eu! O seu verdadeiro Pai Celestial.
(Bryan)- Quem és??
“Deus disse: - EU SOU QUEM SOU” (Êxodo 3 :14a NTLH)
“Eu sou o caminho, e a verdade e a vida” (João 14:6a)
Bryan estava procurando por um pai ausente, mas a sua real grandeza foi seu Pai Celestial. Por muitas vezes em nossas vidas não encontramos o verdadeiro Pai que tanto procuramos, e por muitas vezes não encontramos. Você pode ter uma historia semelhante como está, ou não ter tido um pai como deveria, somente ausente, mas lembre de uma coisa: Existe um Pai Celestial sempre presente, que pode mudar a sua história, e enxugar todas as suas lágrimas, se você deixar: “Felizes as pessoas que choram, pois Deus as consolará.” (Mateus 5:4 NTLH).
Veja o vídeo abaixo. Medite: 




quarta-feira, 20 de julho de 2011

Ouvidos tampados: Solidão absoluta


20/07/2011
Nos trilhos em que eu caminhava, noites sombrias, enxergava a realidade dos sofrimentos em seus rostos à tona, decorrentes da falta de amor. Abraços praticamente imaginários, suas próprias mãos pequenas e ásperas as cobria a falta de amor paterno, porém, não satisfatório ao ponto de receber um verdadeiro abraço, para preencher o vazio inconstante de suas almas: "Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas em mim?” (Salmos 42: 5a). Únicos e inexplicáveis. Assim os chamavam os amigos imaginários em pleno deserto da morte. A Solidão desmascarava seus rostos abatidos, em uma prisão constate: “Por que você grita por causa do seu ferimento, por sua ferida incurável? (Jeremias 30: 15a) NVI.
Ora os muros do Egoísmo, impediam a entrada da Real Felicidade: “Eis que estou à porta e bato. “Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei e cearei com ele, e ele comigo”. (Apocalipse 3: 20) NVI. “Por isso o orgulho lhes serve de colar, e eles se vestem de violência.” (Salmos 73: 6) NVI. Com a Ira Vindoura descontrolada, a sua Inocência perdera afeto e carinho. Por que está escrito: “Quem não receber o Reino de Deus como uma criança, nunca entrará nele.” (Marcos 10: 15) NVI. Outrora as correntes das suas mãos insistiam para a Rebeldia. Mas a voz da Razão respondia: “Sou Aquele que Vive. Estive morto mas agora estou vivo para todo o sempre! E tenho as chaves da morte e do Hades.” (Apocalipse 1: 18) NVI. Com gritos de sofrimentos, a Ira Vindoura exclamava em alta voz: “É por isso que eu choro; as lágrimas inundam os meus olhos. “Ninguém está por perto para consolar-me, não há ninguém que restaure o meu espírito”. (Lamentações 1: 16a) NVI. A Razão revendo o seu sofrimento respondia: “Eu lhe darei as chaves do Reino dos céus; o que você ligar na terra terá sido ligado nos céus, e o que você desligar na terra terá sido desligado nos céus.” (Mateus 16: 19) NVI. Para isso, bastar arrepender-se e aceitar-me como único e suficiente Senhor e Salvador. Então chegara Sabedoria e Consciência no ouvido da Ira Vindoura: "Não permita que a ferida se torne o sufocador em seus tecidos espirituais, mas sim um sinal, para que você possa impedi-lo a entrada de predadores indesejáveis" Reconhecendo seu egoísmo, acabara de morrer a Ira Vindoura: “Veja, Senhor, como estou angustiada! Estou atormentada no íntimo, e no meu coração me perturbo pois tenho sido muito rebelde. Lá fora, a espada a todos consome; dentro, impera a morte.” (Lamentações 1: 20) NVI. Então a Razão, pudera ver o seu verdadeiro arrependimento: “Farei cicatrizar o seu ferimento e curarei as suas feridas’, declara o Senhor, ‘porque a você, Sião, chamam de rejeitada, aquela por quem ninguém se importa” (Jeremias 30: 17a) NVI.

Por muitas vezes nós tampamos os ouvidos espirituais e não deixamos que Deus entre em nossas vidas, pelo fato de sermos egoístas. “Jesus dizia a todos: Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome diariamente a sua cruz e siga-me.” (Lucas 9: 23) NVI. 
Por: http://mensagensdeus.blogspot.com/
Veja o vídeo abaixo. Medite: 

terça-feira, 31 de maio de 2011

Coração Ferido: Coração Ressurreto

 30/05/2011
"Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?" (Jeremias 17: 9)
Mais uma manhã iniciava-se com as dificuldades de fronte com as faces... Do desânimo; morte aspirada em meus pulmões contaminados, por filosofias inexistentes que foram arremessadas no interior. A cada batimento cardíaco, as deficiências impunham o avanço do meu alvo, do meu objetivo. Olhos se fechavam. Apagavam as forças do semblante, da minha Fé. Uma Fé sufocada com acúmulos do pecado, disfarçada do certo, porém com a face do errado - assim podemos dizer... Impurezas, cheiro de morte: Único oxigênio que aspirava. Em minhas veias, desilusões traçadas por passados sem perdão, sem misericórdia. Um coração... O coração... Contaminado! Restam poucos segundos, últimos pulsos... Chances da sobrevivência: Caminhos distantes! Eram longos e apertados para receber o transplante da Vida! Sem forças... Apenas expressava as últimas palavras de socorro: Sangue, sim! Isso mesmo que você pensou!
Fracasso, para alguns, inicio para muitos: Todos os corações da humanidade estão no mesmo destino, com as mesmas deficiências. Porém, a única saída foi encontrar um novo coração puro e sem pecado: O coração do Pastor na qual sofreu todas as ameaças vacinadas contra o pecado e contra a morte:"Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados."  (Isaías 53 : 5) No terceiro dia ele reviveu, e transportou em meus olhos o verdadeiro sentido da Vida! Respire inspire, sinta o cheiro da Vida em Suas Narinas: "E formou o SENHOR Deus o homem do pó da terra, e soprou em suas narinas o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente." (Gênesis 2: 7). Então você poderá dizer:
"Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim." (Gálatas 2 : 20)
Receba hoje o seu novo coração ressurreto!
“O Senhor está perto dos que têm o coração quebrantado e salva os de espírito abatido” (Salmos 34: 18) NVI
Por: http://mensagensdeus.blogspot.com
Veja o video abaixo. Medite: 

sexta-feira, 22 de abril de 2011

O verdadeiro sentido da vida

21/04/2011
Certo dia um jovem que vinha chegando de seu trabalho, começou a se perguntar:
- Qual o verdadeiro sentido da vida?
- Porque tantas acusações rodeiam diante de mim?
- Aonde eu irei Senhor?
Então com suas lágrimas decorrente em seu rosto, ele mesmo respondia:
Olhando para o céu, avistou pássaros em sua caminhada onde descobrira o real sentido da vida. No conjunto de harmonia com seu Criador; ele respirava a estrada da vida em seus pulmões. O Céu se tornava o único caminho para o encontro com o cordeiro, que um dia havia sido cortado e moído pelas nossas iniqüidades: “Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.” (Isaías 53:5). Ele descobriu que retirando seu egoísmo e se esvaziando, exterminaria sua “Excelência. Havia uma cruz a carregar pelo fato de ser humano; falho e com seus defeitos ”... Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me." (Lucas 9 : 23). Porem, sua expectativa de vida era baseada em uma essência, da mesma forma de uma flor: O seu perfume. O mesmo perfume que havia sido jogado como incenso no terceiro dia na qual o cordeiro ressuscitou. Ele está vivo! Está em você! Basta abrir os seus Olhos!
Por: http://mensagensdeus.blogspot.com/
Veja o vídeo abaixo. Medite: 

terça-feira, 29 de março de 2011

A infidelidade de um filho: O princípio da traição

29/03/2011
Muitos não pensam como agir em certas circunstâncias na vida. Porém, poucos questionam a respeito de certos fatos, como conseqüências boas ou más.
No inicio da minha adolescência, costumava sair com alguns amigos em uma colônia de férias da escola. Era única válvula de escape para deixar os problemas de lado, até mesmo esquecer um pouco os afazeres que meus pais passavam durante a semana.
No final de semana, no qual havia realizado o planejamento de férias, tinha faltado dinheiro para a passagem de ida e volta. A única forma para reverter essa situação, era pedir emprestado para os meus pais. Eles sempre me diziam:
“Se alguém lhe pedir alguma coisa, dê; e, se alguém lhe pedir emprestado, empreste.” (Mateus 5 :42) NTLH
-Filho, infelizmente não vamos podê-lo ajudá-lo! Não recebemos todo o dinheiro desse mês, o que resta é pouco para você.O que temos no momento , será para as compras desse mês.
Filho responde:
-Mas... Não tem nenhuma possibilidade?
Pais retrocedem:
-Não! Apesar de que, você não merece todo esse privilégio! Sabe o porquê né?
Quando havia ouvido, nesse exato momento vieram as palavras dos meus pais em minha mente: Comparava-se com uma fúria incontrolada, impetuosa e sem piedade. Esse era eu! Eles de uma forma indireta, falava mais uma vez a ingratidão, da qual transmitia para minha família. Não pensei duas vezes! A ira tornou-se o único caminho escuro e fácil para roubar as 30 moedas de prata, que restava do último salário que eles haviam guardados. A principal importância era só pensar em mim; em mais ninguém!
"Honra a teu pai e a tua mãe, como o SENHOR teu Deus te ordenou, para que se prolonguem os teus dias, e para que te vá bem na terra que te dá o SENHOR teu Deus." (Deuteronômio 5 : 16)
Isto estava distante de mim!
Passado alguns dias na colônia de férias...
Rebeldia assim alguns me chamava. Na colônia conheci Obediência e a Sabedoria.
Obediência pergunta:
-Caro rapaz. O que seus pais estão achando da sua ida para a colônia de férias?
-Acredito que devem estar bem “calmos”. Eles têm a consciência das minhas férias.
Rebeldia respondia totalmente oposto o que seus pais haviam informado. Mas, Consciência e Sabedoria aparecem em seu discurso, e ambos auxiliam a Rebeldia a ter a transformação de caráter total.
Sabedoria pergunta novamente:
-isso é verdade Rebeldia? Será que você está consciente do que está falando? Preste atenção:
“Tudo o que afirmo é verdadeiro; nada do que falo é enganoso ou falso.” (Provérbios 8: 7) NTLH
Então Rebeldia lembra as palavras do seu pai:
“Filho, não esqueça os meus ensinamentos; lembre sempre dos meus conselhos. Os meus ensinamentos lhe darão uma vida longa e cheia de sucesso. Não abandone a lealdade e a fidelidade; guarde-as sempre bem gravadas no coração. Se você fizer isso, agradará tanto a Deus como aos seres humanos.” (Provérbios 3:1-4) NTLH
Quando Sabedoria e Consciência viram a reação de Rebeldia, ficarão muitos felizes, pois começaram uma transformação por dentro de Rebeldia. Logo, Sabedoria, Consciência e Obediência- como seu novo amigo, se tornaram felizes para sempre.
Então... Quando havia chegado em casa...
Obediência responde ao seu pai:
“... Pai, pequei contra o céu e perante ti, e já não sou digno de ser chamado teu filho. ”(Lucas 15:21) NVI
-Então o pai respondeu: “Meu filho, você está sempre comigo, e tudo o que é meu é seu.” ”(Lucas 15:31) NTLH
Que tipo de filho você está sendo perante aos seus pais? E, ao nosso Deus? Onde está a sua fidelidade em ambos os casos? 
Veja o video abaixo, medite: